Professores

|

 Aiya, mell meldë mellon! Como vão, amigos? Bem? Mal? Ontem a noite, eu terminei O Diário de Anne Frank, e logo em seguida sorteie entre O Cavaleiro dos Sete Reinos e Quem é Você, Alasca?. O resultado foi o segundo, e comecei a ler ainda ontem. Já estou quase acabando, falta pouquíssimas páginas para acabar. 

 Ah, professores! Há um tempo, eu fiz um post sobre Alunos (no qual você pode conferir clicando aqui), e hoje eu trago meio que a continuação, só que sobre os professores. Professores, aqueles que nos ensinam, aquele que nos educam sobre coisas essenciais na vida. Aqueles que nos educam quando nossos pais e parentes não podem. Professores, por que não são respeitados?

 Hoje, no horário de Ciências, eu fiquei extremamente desconfortável e com raiva. A professora, que tem o mesmo nome que o meu, só que com C, me deixou com uma raiva inacreditável. Ontem, ela tinha avisado-nos sobre o projeto que vale três pontos. E como a sala fazia um barulho enorme, ela não conseguiu explicar sobre o que era. Hoje, a sala continuou com o mesmo barulho, e invés de ela tirar ponto, mandar para fora, tentar fazer algo, ela fazia a mesma coisa que todos os professores fazem: gritar e pedir silêncio.

 Professores, entendam: isso de nada adianta. Tem que tirar da sala, tem que tirar o ponto, tem que fazer algo "radical". Ficar gritando, reclamando e esperando que eles tenham consciência não irá mudar nada! Não entendo o porquê deles terem tanta pena para mandar para fora, se eu fosse professora não teria pena alguma. Está conversando? Então assuma as consequências.

 Os professores gostam de falar coisas desnecessárias. Não queremos saber sobre suas vidas, a menos que sejam interessantes. Não queremos saber sobre seus discursos filosóficos, queremos aulas.

 Ok, a culpa não é inteiramente deles, porém também é deles. Nesse meio ambos temos culpa.

 Mas eles são esforçados. Acordam cedo, corrigem prova, acordam feliz e terminam as aulas tristes. Tristes com os alunos que não estavam nem aí para o assunto, tristes com os alunos que não fizeram suas atividades por falta de interesse. Tristes pelos que tiraram zero, quando poderiam ter tirado dez.

 Ser professor é difícil, admito. Eu os admiro bastante. Não recebem o suficiente (no Brasil, ao menos), mas continuam sofrendo, continuam trabalhando por amor. Não são respeitados, mas continuam sofrendo e ensinando mesmo assim. Eles formam todas as outras profissões, mas ninguém lembra deles. Essa é a vida de um professor.

20 comentários:

  1. Oi! Tudo bem?
    Meu, essa postagem não merece só palmas, mas o tocantins inteiro! Por que, assim, ficou muito bonita. Concordo bastante com você no quesito de não entender o motivo de certos professores insistirem em gritar para calar a boca do povo ao invés de tirar quem está atrapalhando da aula. Mais lógico.

    Um beijo!
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo a sua visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adhaduhauhduaduahdau, obrigada, de verdade ♥

      Excluir
  2. Coitados dos professores, mas eu acho que eles teem acordado tristes, por saber que será mais um dia daqueles, e dormido felizes por saber que tem algumas horas livres dos pirralhos! RsRs (Não é bem assim).
    Mas certamente, os professores precisam dar mais ordem, serem mais firmes. Aluno que não quer estudar tem que ser forçado - só acho.

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/

    Ah, vi num comentário de post passado que você comentou que ninguém havia percebido sobre o seu cumprimento fixo de inicio de posts.. bom, eu pesquisei há muito tempo sobre e não consegui encontrar respostas, mas eu sabia que era algo élfico e que era algum tipo de "Olá, tudo bem?" Só não perguntei porque, sei lá. RsRs

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez seja assim com certos professores, haha. Pois é!

      Oh, desculpe, então eu generalizei, haha. Obrigada por isso, então.

      Excluir
  3. Os professores são muito desrespeitados, não recebem seu devido valor... Eu fico muito injuriada com isso, pois é uma profissão importante e tem alunos que não dão a minima para isso. Alguns professores são meio lerdos, não botam ordem na sala e isso prejudica toda turma. Fico com tanta raiva quando alguma situação dessas acontece!
    Ah, oque está achando do livro? Eu amei, queria saber sua opinião...

    primavara-soare.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é cara! Argh, professores são tão confusos.

      Bem, é um livro bastante legal, não curto muito romances, e os do John são muito parecidos, mas ainda é bom. Eu já o terminei.

      Excluir
  4. OOOOOOOOOOI, Karlinhaaaa ♥ Tuuuudo bem? Oooolha, eu vi o comentário da Nami no post passado, aquele do debate, e vou te dizer: ÉLFICO? Pqp, que é isso? Uaaushsauhsahuhusahuas, é a língua dos elfos? UAHSUHSAHUSAHUASUHASUH, parei '-' Aaah, O Diário de Anne Frank... Nunca li, mas me interessei depois que assisti e li ACEDE, haha! Tenho um marcador deste livro ^_^ Vai trazer resenhas deste e de Quem é Você, Alasca?? Eu quero! *-*

    Por que não são respeitados? Eu te digo: PORQUE ALGUNS NÃO PRESTAM. Os da minha escola, pelo menos, não. Bando de filhos da puta, pelo amor de Deus! Desculpe o palavreado, Karlinha, vou manerar! A minha escola, se você não sabe, é uma porcaria completa. Agradeço a Deus por ter a chance de estudar, mas pôooooooooo! Eu sempre tenho que chegar em casa, estudar MAIS DO QUE O NORMAL, porque não aprendo bosta nenhuma. DESCULPA DE NOVO! :# Sim, gosto de alguns professores, mas outros... São burros demais, cara. Nem sei como se tornaram professores. Oooh, e tem alguns que são mal educados com a gente! Dá licença, né, me poupe. Aaah, Karla(quase escrevo seu nome com C agora o.O), eu entendo sua raiva. E concordo contigo! Acredita que uma professora minha de História teve um derrame cerebral um dia por causa da minha sala?? Pois é! E estes dias ela chorou lá na sala... :'( Pois é, fico entristecida com isso. SALA FILHA DE UMA ÉGUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! Eu querendo entender Matemática(sim, já mudei de assunto, uahshushuashu!) e esses lazarentos e lazarentas conversando. Afs. Concordo novamente contigo, a culpa não é inteiramente deles, mas eles têm muita culpa nisso. Vou confessae, gosto quando alguns professores falam sobre as vidas deles, principalmente minhas professoras de Geografia e História, mas tem outros... Oxe!! Poxa, é verdade, bem que minha professora falou a mesma coisa que você: entra na sala feliz, e sai triste. :c Fico muito puta com isso. Sala de merda a minha. Acho que eu sou a única que quer aprender! Sim, te muuuuitos que querem aprender, mas eles se distraem com qualquer coisinha, parecem crianças '-' Eu já permaneço prestando atenção na aula =3

    Seu texto/debate foi inspirador ♥ Adoro a profissão de professor! Tipo, eu seria uma professora estressadíssima, mas ao mesmo tempo, amiga, sabe? :3 PARABÉNS PELO ESFORÇO, PROFESSORES! Vocês merecem todo o respeito do mundo! Aah, só mais uma coisa... No começo desse comentário, eu disse que alguns não prestam, né?? Quis dizer UM: meu professor de português. Acredita que o nome dele é Alvacir?? o.O E o apelido, Xis?? Omg, auhsuhsauhas!

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOOOOOOOS ♥

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adhaudhaudha, sim, élfico é a linguagem que Tolkien inventou para os Elfos de seus livros. Nárnia, inclusive, é uma palavra élfica inventada por ele. Bem, se vocês querem, eu faço uma resenha sim :3

      Faço de suas palavras as minhas, haha. Muitíssimo obrigada! Eu também. Adaudhaudhauhdua, que belo apelido, hein?

      Excluir
  5. finalmente alguém que me entende, cara, eles podem dar quantas lições de moral quiserem, não vai mudar nada. Todo santo dia algum professor vem com todo o discurso sobre a sala ficar quieta, e no horário seguinte já ta uma baderna de novo. tem professor que sabe impor respeito e fazer a sala ficar quieta, mas os que não sabem, tem que tirar da sala mesmo, qual o problema de sobrar 7 alunos na sala? são os que estão realmente afim de alguma coisa.

    http://winterofme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Karla!
    Me lembrei de minha antiga professora de português. Ela começava a explicar a definição de um pronome e de repente ela se lembrava de um acontecimento da vida dela e, quando a gente dava por si, ela já passara a aula toda falando da vida dela...
    Mas tenho pena dos professores. Vi algumas vezes professores deixarem a sala de aula chorando, por não conseguir controlar os alunos. E, sabe, eu acho que a culpa é 70 por cento dos alunos. A prova disso é que, no 2º, 3º ano do Ensino Médio, - quando os alunos estão mais maduros - são poucos os professores que precisam pedir por silêncio ao entrar na sala de aula... O que é diferente no ensino fundamental, por exemplo, quando os hormônios não deixam ninguém saber o significado de "silêncio". Ou na faculdade, onde é o professor que tem que pedir para o aluno falar alguma coisa.
    Além disso, o governo tem dificultado muito as coisas. Não se podem suspender alunos - pelo menos aqui em Goiás. Mandar um aluno pra fora da sala é meio que um presente pra ele. Descontar uma nota da média do aluno é proibido - afinal, ele fez as provas, conseguiu aquelas notas, não se pode simplesmente subtraí-la. Além disso, ainda têm os pais, que nunca estão do lado dos professores... É complicado.

    Abraços,
    Diego.

    pecasdeoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo isso. (as pessoas devem começar a achar que eu não li nenhum comentário, só coloco algo avulso. Adhaudaudahduha)

      Excluir
  7. Nossa eu tinha uma professora que todo mundo fazia bolinha com ela pq ela não botava ordem na sala, tadinha eu tinha até pena dela

    byanak.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Meus professores agem da mesma forma! Tem um grupinho que fica no fundo e não para. Os professores ficam gritando o horário todo, e nada, e eu sempre me pergunto: "Por que não tira logo esses seres daqui?", e não é fácil... Pois acaba atrapalhando todo mundo da sala.

    Ah, e é realmente uma pena receberem tão pouco... Eu acho que eles deveriam ser mais valorizados. Mas acho que os únicos que pensam isso, é quem vê a luta deles diariamente, como nós alunos - e a família e amigos deles -. Bem, é só isso. Chu ~♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! No meu tem um grupinho no lado esquerdo da sala, e outro no fundo, e eles não tiram!

      Também acho.

      Excluir
  9. Eu acho um desrespeito esses alunos sem educação. Mas os meus professores agem da mesma forma. Eu tenho um professor, que tem a língua presa e a letra é super estranha, todo mundo (menos eu, eu fico quieta, sério q) fica rindo dele. Cara, eu fico me perguntando porque ele ainda dá aula pra gente, porque é assim desde o começo do ano. Mas enfim, você está totalmente certa. ^^

    cotton-c.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Concordo um tanto com a sua opinião, achei completa e cheia, adorei >33<
    Minha opinião é assim: Tem professores que ninguém merece, chatos, arrogantes, ai estúpidos. Mas uns tem seu esforço, tem uma qualidade enorme que não merece ser desrespeitada e muito menos aturar alunos que são educação. Uma vez eu estudei com um garoto, ele avia reprovado e tal era grosso, brigão, era maior que todos na sala, e quando a professora brigava com ele, ele respondia e até xingava a professora, ela era educada, boa, gentil..Não merecia esse aluno, mas ao contrario ela só chamava a diretora e ficava sem o recreio, mas tipo não é castigo, gente que isso?
    Amei tua opinião, eles merecem respeito e educação, sem eles qual é o nosso destino?

    Beijos http://valentinices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Tem alunos assim na minha sala também, infelizmente.

      Obrigada! ♥

      Excluir

Iddelat, anni athfiezar! Seja bem vindo ao blog! Comente o que quiser, bem... comente o que quiser respeitando essas regrinhas:

1°.: Pode xingar a vontade! Eu não me importo nem um pouco com xingamentos. Porém, que tenha respeito. Leia essa postagem para entender melhor essa regra.

2°.: Anônimos são totalmente permitidos. Mas, ao menos, coloque o seu nome. E qualquer comentário que qualquer pessoa postar (seja maldoso, bom, qualquer coisa) aparecerá no blog.

3°.: Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita. Não irei retribuir quem não deixa o link! Porém, não comente coisas do tipo "Amei a postagem" e coloca o link do seu blog. Isso não é fazer um comentário sobre a postagem, é comentar qualquer coisa e esperar que eu visite você de volta.

4°.: "Segui, segue de volta?" Nunca comente algo assim. Seguirei o seu blog se eu gostar dele, e pronto!

5°.: "Posso me afiliar?" Também não escreva isso, a menos que tenha escrito sobre a postagem. E depende se eu gostar do blog ou não.

Bem, amigos, é isso. Sigam essas regrinhas e sejam bem vindos! Lembrando que, qualquer comentário, opinião, negativa ou positiva, eu quero saber, tá? Aproveitem e se divirtam!

Página Anterior Próxima Página Home