Resenha: Dizem Por Aí...

|
O namorado de Tilly Cole acaba de se mudar do flat deles com metade de suas coisas. Sem nada para prendê-la, Tilly decide rapidamente morar mais perto de sua melhor amiga, Erin, em um vilarejo minúsculo em Cotswolds. Lá, Tilly é contratada no mesmo momento como faz-tudo em uma empresa de design de interiores. Para sua surpresa, a cidade pequena transborda escândalo, sexo, fofoqueiros e boatos, focados basicamente em Jack Lucas, o homem lindo de muita classe e melhor amigo de seu chefe. Todos falam para Tilly ignorar o encanto por Jack, que ela será apenas outra em sua cama se ela se deixar levar; mas Tilly, que trabalha ao lado de Jack, enxerga uma parte carinhosa e cuidadosa dele que não é revelada à cidade. É impossível que ele seja a mesma pessoa de quem todos falam. Ou é possível? Tilly deve separar os fatos da ficção e seguir seu instinto neste divertido romance moderno.

 Olá, queridos amigos! Como estão? Bom, imagino que muitos estão na escola. Eu, como disse antes, só volto no dia 16. Bom, não tenho mais assunto. Ah, e por que Skoob, por que suas sinopses são tão exageradas?

 Enfim, vi que vocês queriam a resenha desse livro, então aqui estou eu. Agora vocês se perguntam: "se está tão enjoada de romances, por que continua lendo?" Oras! Porque os romances dá para ler em PDF, os outros gêneros eu só gosto fisicamente. Pode ser besteira, mas é o que eu gosto.

 Bom, a história começa quando Tilly, de 28 anos, foi dispensada pelo seu namorado, que dividia o apartamento com ela. Triste por não poder pagar mais o apartamento (e não porque ele terminou com ela, ela não gostava dele), ela decide visitar Erin, sua amiga em Cotswolds. Percebendo que lá era melhor para morar, decide ficar depois de conseguir um emprego como garota faz-tudo para Max, um homossexual com uma filha linda chamada Lou, e uma ex-mulher maravilhosa, Kaye.

 A história começa praticamente daí, lá para as 30 páginas. Como garota faz-tudo, Tilly precisa ajudar Max em seu emprego. Jack Lucas, maior pegador da cidade, trabalha junto com Max. Preciso falar mais algo?

 Os personagens são extremamente legais, não são exagerados em nenhum sentido. Max e Lou são muito engraçados e gente boa, e Kaye também. Erin é uma ótima amiga, Jack um ótimo rapaz, e existe vários outros ótimos personagens secundários, como Declin, dono da "boate" Fox, a mais famosa e pelo o que, única do vilarejo; e Betty, uma cachorrinha muito fofinha.

 A história se passa em terceira pessoa, algumas vezes contando o romance de Erin e Fergus, outras contando a tubulosa vida de Kaye, e uma mostrando Jack. Mas a história principal mesmo é com Tilly.

 É romance ok. Eu gostei do meio e do começo, na verdade, achei bem legal. Mas o final... bom, achei forçado e precipitado, como se autora tivesse que terminar logo. Se o final fosse mais bem elaborado, seria um ótimo romance básico, para ler na fila de banco, avião, escola, enfim, para passar o tempo.

14 comentários:

  1. Os autores atuais estão com problemas sérios que dão medo aos seus leitores: não sabem por um bom final nos seus livros que tiveram bons começos e meios! :( Gostei da resenha.

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/
    El Costa, do Confins Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, os livros atuais estão cheios de problemas, mas o finais... Obrigada!

      Excluir
  2. É muito triste quando os livros pecam no final, eu já tive vontade de ler esse, mas confesso que hoje não tenho mais. Acredito que existem chick-lits de melhor qualidade.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. O final é tão importante quanto o começo, para mim. Sim, com certeza.

      Excluir
  3. Odeio livros que são legais e que decepcionam no final. E ah, adorei ter achado seu blog novamente. ♥

    Visite-nos! Beijos. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também, isso é tão desnecessário! Obrigada <3

      Excluir
  4. E frustrante quando nos dedicamos em um livro e o final nos decepciona. Mas todo leitor está suscetível a passar por isso.

    Bjim!

    Tammy - Livreando

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    li este livro faz algum tempo e acho que gostei dele mais do que você. Não achei o final tão ruim assim rsrsrsrs

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei o final muito precipitado, haha. Mas tudo bem.

      Excluir
  6. Na verdade, acho que os livros andam muito comerciais... é dificil ver uma história realmente original, é sempre mais do mesmo, sempre igual, sempre a mesma fórmula que sabem que vão vender livros. E muitas vezes as editoras lançam esses títulos com autores sem talento...

    Beijinhos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Parece que algumas editoras só querem dinheiro, não querem lançar uma história que é digna.

      Excluir
  7. Para vc ver como é questão de gosto. Foi bom saber sua opinião mas eu como expus na minha resenha adorei esse livro. É isso!!! Cuide-se!!!

    ResponderExcluir

Iddelat, anni athfiezar! Seja bem vindo ao blog! Comente o que quiser, bem... comente o que quiser respeitando essas regrinhas:

1°.: Pode xingar a vontade! Eu não me importo nem um pouco com xingamentos. Porém, que tenha respeito. Leia essa postagem para entender melhor essa regra.

2°.: Anônimos são totalmente permitidos. Mas, ao menos, coloque o seu nome. E qualquer comentário que qualquer pessoa postar (seja maldoso, bom, qualquer coisa) aparecerá no blog.

3°.: Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita. Não irei retribuir quem não deixa o link! Porém, não comente coisas do tipo "Amei a postagem" e coloca o link do seu blog. Isso não é fazer um comentário sobre a postagem, é comentar qualquer coisa e esperar que eu visite você de volta.

4°.: "Segui, segue de volta?" Nunca comente algo assim. Seguirei o seu blog se eu gostar dele, e pronto!

5°.: "Posso me afiliar?" Também não escreva isso, a menos que tenha escrito sobre a postagem. E depende se eu gostar do blog ou não.

Bem, amigos, é isso. Sigam essas regrinhas e sejam bem vindos! Lembrando que, qualquer comentário, opinião, negativa ou positiva, eu quero saber, tá? Aproveitem e se divirtam!

Página Anterior Próxima Página Home